Blackout oftálmico 9

Agora é altura de fazer um ponto de situação. Hoje não há imagem……

As gotas continuam (nem sei como vou no futuro passar sem elas), estou mais aberto, mas pouco, para o mundo exterior….. A persiana já se mantêm aberta por mais tempo. Mas ainda estou com gás… e pelo jeito vai demorar a baixar o nível (do gás).

O meu tempo é passado entre os diversos conjuntos de gotas e o mundo do avesso…… com alguns desenhos no entretanto.

Se estou farto? Bom, se tirar as gotas, as dores, as fisgadas (sempre gostei desta palavra), o mundo à esquerda ser turvo, e tudo o resto… até que me habituava a este modo de vida. Isto dá uma grande desculpa: “Não vejo nada”, e posso acrescentar “peço desculpa”.

Agora, gostava de fazer alguns agradecimentos (como nos Óscares): aos desconhecidos que não perceberam nada; aos que acharam que eu tinha enlouquecido; aos que viram e não ligaram; aos que ligaram para aliviar a consciência; aos amigos que ligaram; aos amigos que queriam ligar e não ligaram; aos amigos que não ligaram; aos amigos que pensaram que fiquei sem fala (eih! foi nos olhos! oftálmico); às diversas equipas médicas, ao médico que me viu por dentro; à médica anestesista que nunca mais se calava; e por último (que são os primeiros), o amigo do café (quase diário), à minha cara-metade sempre presente mesmo nas angústias do zarolho, e a Ele sempre aqui……

Isto não é o fim da saga…. voltarei com mais episódios. Até breve

 

Advertisements

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s